Pages

Subscribe:

Ads 468x60px

29 de junho de 2009

PROJETO LEITURA



“A Volta ao Mundo dos Contos através de 9 países”

Pinóquio - Itália / Quem tem medo do quê? - Brasil

Justificativa:

1)A literatura infantil é um recurso de entretenimento, também muito utilizado no processo ensino-aprendizagem, que pode servir para falar de assuntos existenciais com nossos alunos.

Sabemos que a escola é muito importante para a criança, pois além de ser um espaço de aprendizagem e de formação, é um espaço de desafios e de apoio, de segurança, de convivência e de afeto.

Sempre acreditando que a metodologia na Educação Infantil se sustenta também na literatura, vamos continuar trabalhando com os Contos. Mas agora, vamos “viajar” por outros países em busca de contos que embalam crianças do mundo todo e também apresentar a eles, um Conto brasileiro.

2) Através da historia “Pinóquio”, esse maravilhoso conto italiano que embalou crianças do mundo inteiro e dando uma passadinha em nosso querido Brasil,com a história ”Quem tem medo de quê?”pretendo oportunizar as crianças a possibilidade de ampliar seus conhecimentos e por meio da linguagem simbólica destas histórias, traremos para o mundo real situações que estamos vivendo em sala de aula a “desobediência”, a “mentira” e o “medo”, fazendo assim com que, as crianças venham construir uma ponte de significação do mundo exterior para seu mundo interior,refletindo sobre suas ações e desenvolvendo seu senso critico

Público-alvo:

Alunos do Infantil 2 A

Objetivo Geral:

Oferecer ao aluno que ainda não domina a leitura e a escrita formal, oportunidades para que aprenda a apreciar os contos, entregando-se à trama, para que dela extraia ensinamentos para sua vida.

Oferecer também ao aluno, oportunidades para conhecer pelo menos um Conto genuinamente brasileiro, para que possa compreender a importância dos escritores brasileiros.

Objetivos específicos:

Através da historia “Pinóquio”, do famoso escritor italiano Carol Collodi e também com a ajuda de uma historia brasileira de nossa querida escritora Ruth Rocha “Quem tem medo de quê?” O aluno deverá ser capaz de: Verbalizar, Participar das atividades que envolvam as histórias,usando jogos e canções,Conhecer diferentes maneiras de criar as mesmas e os valores transmitidos por elas,Descrever cenários e personagens, observando e realizando leituras de imagens, retirando delas informações, Respeitar e valorizar outra cultura e expressar seus medos, demonstrando uma maior maturidade emocional para saber lidar eles.

Desenvolvimento:

1) Pinóquio – Itália

Escrita originalmente em capitulos, para uma série publicada no jornal infantil italiano de Ferdinando Martini, Gionarle per i Bambini, entre julho de 1881 e janeiro de 1883, foi publicada em livro pela Felice Paggi – Libraio Editore, com ilustrações de Enrico Mazzanti, em 1883.

Tendo como primeiro título Storia di un Burattino (História de um Boneco),desde a sua publicação, o livro de Pinóquio tem sido traduzido para os mais diferentes idiomas.Tendo como, a versão adaptada, mais conhecida a realizada por Walt Disney, em 1940,que conta uma historia muito diferente da que foi escrita por Collodi.

A história de Pinoquio ultapassou as fronteiras da Itália e se tornou um patrimonio universal.

A história:

Um velho carpinteiro chamado Gepeto fez um boneco de madeira e deu-lhe o nome de Pinóquio, pois sonha muito em ter um filho. Uma fada azul ouviu o desejo de Gepeto e transformou Pinóquio em um menino de verdade.

Gepeto ficou muito feliz, agora tinha um filho. Gepeto queria fazer de Pinóquio um menino educado e colocou na escola, mas Pinóquio desobedecendo fugiu para se divertir. Foi a um teatro de bonecos, onde tinha um dono que gostou de Pinóquio e queria ficar com ele, para transformá-lo na maior atração do teatro.

Pinóquio conseguiu fugir e voltando para casa, encontrou dois ladrões, apesar dos conselhos do grilo falante, seguiu com eles. Pinóquio, triste, resolveu voltar para casa e obedecer a Gepeto, no caminho, descobriu que Gepeto tinha sido engolido por uma baleia, e decidiu então procurá-lo. Ele ia ao encontro de Gepeto, quando viu umas crianças que se dirigiam ao país da alegria e então, foi com eles.

Pinóquio e todas as crianças estavam brincando quando perceberam que estavam se transformando em burrinhos para trabalharem puxando carroças para os bandidos. Pinóquio então pediu ajuda a fada azul, ela começou a perguntar como ele avia parado ali e então Pinóquio começou a mentir e o nariz, começou a Crescer... Crescer.... e... Crescer! Ele então Chorou arrependido. A fada azul desfez o encanto. Mas avisou:

- Toda a vez que mentir, seu nariz vai crescer.

Pinóquio então foi procurar Gepeto, chegando ao mar, Pinóquio e o Grilo foram engolidos pela baleia e qual a surpresa, lá dentro estava Gepeto, que ficou feliz em ver o filho, os dois começaram a pensar como sairiam de dentro da baleia, Gepeto fez uma pequena fogueira com os pedaços de seu barco e ao ficar cheio de fumaça a garganta da baleia, ela espirrou e jogou-os para fora.

Chegando a casa, a fada azul já estava a espera dos dois com uma boa noticia ele viraria um menino de verdade, PLIM...PLIM...Pinóquio agora era um humano.

E então Pinóquio e Gepeto foram muito felizes.

2)Quem tem medo de quê?

Quem não tem um medinho, um medo ou um medo enorme, grandão?? O medo maior que eu tenho que eu guardo muito secreto é lagartixa correndo por cima de mim, no teto. Agora, mais perigoso, pra mim... Até que leão tenho medo é de cachorro, cachorrinho e cachorrão! Mexendo com o imaginário das crianças, quando o assunto é “medo” de alguma coisa e com um grande bom humor é mostrado que determinadas coisas existem, de fato, e podem até causar certo medo. Outras nem existem. Pra que ter medo?
Ruth Rocha, dispensa apresentações, mas é sempre bom lembrar que é reconhecida como uma das mais importantes autoras de livros para crianças e jovens do Brasil. Já escreveu perto de 150 livros que já venderam alguns milhões de exemplares ao longo desses trinta e poucos anos que lida com crianças.

· Com ajuda da maravilhosa historia da escritora Ruth Rocha, trabalharemos os nossos “medos”, As crianças serão estimuladas a concretizassem os seus medos através do desenho, e na confecção de um fantoche, trabalhando assim de forma natural e lúdica para que eles sejam revelados.

ü Desenho: ”Meu medo”

Em um primeiro momento em roda na salinha conversaremos sobre o que é o medo, em seguida cada criança receberá uma folha de sulfite, a qual cada uma ira para um lugar de sua preferência, para desenhar, exemplo:pode ficar no chão , ir para uma mesinha, etc.As crianças então desenharão na folha algum medo que elas tenham.

Em um segundo momento cada criança mostrará seu desenho aos amigos e falará sobre ele, por ultimo assim que todos falarem sobre seus medos os colaremos os desenhos em um cartaz, que será exposto na salinha todos os dias.

ü Confecção de fantoche: “O fantasma do medo”

Previamente serão solicitadas as crianças que tragam de casa um par de meias de seus pais de cor branca. (meia em desuso – trabalhando reutilização de materiais)

Em um primeiro momento será contadora uma história, criada na hora, utilizando um cabo de vassoura com um fantoche já pronto.

Após á historia as crianças darão inicio a confecção de seus próprios fantoches.

Material a ser utilizado: meia, estopa, tira de malha para confecção do cabelo e da roupa, hidrocor para a pintura do olho, nariz e boca.

Com os fantoches prontos as crianças serão estimuladas a contarem, cada uma sua história, concretizando os seus medos através do mesmo.

Por ultimo as crianças serão incentivadas a jogar seus medos fora. (colocando os fantoches dentro de uma caixa e ao final de todo projeto no fim do semestre eles voltaram em forma de belos fantoches e não mais fantasmas).

3) Dentro das áreas de conhecimento dos alunos desenvolverei as seguintes atividades:

-Conversas para saber o grau de conhecimento das crianças,sobre a história

-Apresentação do livro: capa, material, título, editora, ilustrações.

- Ler a história e mostrar as figuras.

-Conhecer um pouquinho da bibliografia do autor e do país de origem, da história.

- Situar em mapas o país de origem da historia

- Ouvir o CD / Assistir ao filme “Pinóquio”

- Interpretação oral: os alunos contam a história, identificando os personagens.

- Situar em mapas o país de origem da historia

-Produção de textos

-Produção de desenhos

-Culinária

-Dobraduras

-Criação de novos finais para história

-Construção de fantoches/dedoches /jogo da memória/Avental da História

-Confecção de bonequinhos de madeira (individual) com pregador de roupas/ 1 Grande (coletivo)

- Movimento, interdisciplinaridade com Educação física, partes do corpo da criança “Pinóquio”.

-Códigos, interdisciplinaridade com Música, comunicação verbal, oralidade, ritmo e diversidades de sons.

-Lógica interdisciplinaridade com aula digital, pesquisas e atividades (usando o computador) “Pinóquio”

-Atividades das fichas (códigos, Lógicas e Natureza) serão relacionadas ao tema “Pinóquio”

Finalização:

- Livro ilustrado, onde quem ficará responsável por elaborar a capa será a mãe ou responsável.

- Livro gigante ilustrado, onde o texto será produzido pelas crianças no coletivo

- História virtual, (apresentação no PowerPoint)

- Exposição

0 comentários: