Pages

Subscribe:

Ads 468x60px

25 de fevereiro de 2009

Manual Pedagógico

Manual do Educador

Princípios Pedagógicos

1. EDUCADOR:

Perfil

O educador é mediador entre o aluno e o conhecimento, sendo assim, responsável socialmente pela formação do cidadão. Como profissional deve estar consciente da importância de seu papel no processo educativo, pois, o comportamento do educando é grandemente influenciado pela sua postura de educador.

Caracterização do educador

O perfil do educador desejado pela Escola (___________) é de uma pessoa culta, responsável, bem equilibrada emocionalmente, que tenha forte amor pelo ensino e pelos alunos, que defenda os valores éticos e cristãos e ainda, que veja o aluno não só como aprendiz, mas também como alguém muito importante que precisa de orientações complementares para sua formação integral. Além disso, o educador da Escola (___________) deve ter como meta, ensinar seus alunos a pensar, ensiná-los a aprender a fazer, tornando-se para cada um deles, um exemplo de vida.

Normas de Conduta do Educador:

● Identificar-se com a filosofia e a política desenvolvida pela Escola; zelar pela ética profissional; (união).

● Zelar pelo bom uso, conservação e manutenção das instalações, equipamentos e materiais diversos; (mordomia).

● Evitar ficar sentado constantemente, pois os alunos ficarão sem o apoio devido;

● Evitar roupas chamativas. Estamos ministrando a crianças. Ao conversar com o pai / mãe de aluno, começar o diálogo sempre com elogios, para depois expor as dificuldades do aluno.

● Deixar, sempre, a sala de aula limpa e em ordem para o colega da próxima aula, inclusive apagar o quadro (mordomia).

● Avisar, com antecedência, quando não puder cumprir seu horário de trabalho; o professor somente será liberado de pagar professor substituto em caso de atestado médico. (mordomia)

● Apresentar atestado médico, quando a falta for por problema de saúde, num prazo máximo de 02 (dois) dias (mordomia).

● Entregar pontualmente, provas, notas, diários e outros documentos solicitados pela Coordenação Pedagógica ou Secretaria (mordomia).

● Os planejamentos devem ser feitos com letra legível e caprichada; os cadernos devem ser encapados e margeados. Os cadernos de planejamento refletem o capricho e responsabilidade de quem os elaborou.

● Todos os bimestres devem ser separados por divisórias.

● Todos os dias os alunos deverão participar da “hora da alegria”, as professoras deverão ensinar músicas e cantar com os alunos, a música torna as pessoas mais sensíveis, o que diminui a agressividade entre os alunos.

● Usar, diariamente, o uniforme segundo a orientação da Coordenação; (mordomia).

● Conhecer as normas disciplinares da Escola e fazê-las cumprir, tendo domínio da disciplina dos alunos, mantendo-os sempre com atividades significativas durante toda a aula. O professor que constantemente colocar o aluno para fora da sala por motivos que a Coordenação achar desnecessário poderá ser advertido e tais procedimentos pesarão em sua avaliação no final do ano letivo; (sabedoria e caráter).

● Orientar, esclarecer e admoestar o aluno verbalmente antes de tomar uma medida corretiva mais enérgica; (mordomia).

● Esclarecer e notificar a Coordenação das dificuldades encontradas; (mordomia).

● Registrar ocorrências no seu controle diário; (mordomia)

● Participar das reuniões do Conselho de Classe, fornecendo informações sobe o desempenho do aluno; (mordomia).

● Elaborar e executar, respeitando a orientação, planejamento, atividades, avaliações e etc. (mordomia e autogoverno).

● Comunicar à Coordenação o uso de livros, fitas e qualquer material didático adicional (mordomia e individualidade).

● Ministrar aulas usando sempre técnicas e recursos variados; (caráter e soberania).

● Planejar com antecedência suas aulas e ministrá-las de modo a desafiar o aluno a estudar, interessar-se e crescer, (mordomia).

● Anotar a falta de tarefa na agenda do aluno; (mordomia).

● Fazer encaminhamento à Coordenação Pedagógica ao completar três anotações de tarefas não feitas. Não é permitido tirar o aluno da sala de aula por não ter feito a tarefa, apenas deverá encaminhar a sua agenda à Coordenação Pedagógica para tomar as devidas providências; (mordomia).

● O professor deverá fazer pesquisas em outros livros para não bitolar somente nos didáticos adotados pela escola.

2. Não é permitido ao professor:

● Falar mal, expor, difamar as autoridades constituídas sobre nós: Atos 23:5 (não falarás mal de uma autoridade); Romanos 13:1 (Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; por que não há autoridade que não proceda de Deus;... foram instituídas por Ele); I Samuel 12:22,23 (“Obedecer é melhor do que sacrificar ... Porque a rebelião é como o pecado da feitiçaria. E a obstinação é como a idolatria)”.

3. Sanções:

Os professores que incorrerem em faltas previstas neste manual, ou se conduzirem de forma contrária aos interesses da Escola, estarão sujeitos a:

a) Advertência oral;

b) Advertência escrita;

c) Suspensão;

d) Demissão;

4. Atividades:

Atividade Extra – Classe:

Acreditamos ser de fundamental importância no processo pedagógico, que o aluno esteja em contato com os conteúdos ministrados também fora da escola.

Optarmos por solicitar atividades de casa, pesquisas, trabalhos, exercícios, entrevistas, leitura prévia, estudos dirigidos.

5. Concepção de Avaliação:

Quanto à concepção de avaliação na perspectiva do projeto pedagógico da Escola (___________)l, esta é considerada uma das categorias mais importantes, pois inicia o processo educativo, pedagógico e está presente em todos os momentos.

Entendemos por avaliação um processo sistemático, isto é, um procedimento que se desenvolve ao longo do tempo, visando buscar subsídios, ou seja, informações, compreensão da qualidade do processo pedagógico, educativo.

A avaliação mede o conhecimento do aluno e a qualidade do trabalho do professor.

6. Avaliação contínua

Separar uma atividade por semana para ser avaliada: Ex: caligrafia, tabuada, págs de livro (recolher e verificar correção, por exemplo) atividades no caderno; estética, autocorreção; (produção de texto; organização do material; folha de problemas; folhas de contas; criatividade; trabalhos em grupo; etc. Resoluções das Listas de Exercícios; Pesquisas, Apresentações de Trabalhos, Seminários.

7. Característica das Avaliações; (P-I / P-II)

Uma avaliação comprometida com a melhoria e o aperfeiçoamento da qualidade do processo pedagógico, com a qualidade e transformação social se caracteriza por:

● Não ter o objetivo de punir ou premiar, mas sem favorecer o crescimento e a formação do aluno e dos demais envolvidos no processo educativo da escola, pois todos serão avaliados (professor ↔ aluno).

● Para tal, faz-se necessário identificarmos as causas das insuficiências e dificuldades diagnosticada com o objetivo de:

Superá-las;

●Evitar a reprovação do aluno;

8. Normativa para a Recuperação Paralela

Todos os professores deverão fazer a recuperação paralela das provas que estarão sendo aplicadas durante o ano letivo.

1º ao 6º Ano do Ensino Fundamental: conforme orientação da coordenação pedagógica.

9. Importante

Na prova bimestral, o professor não deverá fazer uma recuperação paralela desta prova.

Após a prova bimestral, ele fechará as médias de todos os alunos, e os alunos que não alcançarem média igual ou superior a 6,0 (seis) serão encaminhados para fazer a recuperação paralela.

Nesta recuperação bimestral, o professor deverá passar uma lista de exercícios e o conteúdo que cairá na prova de recuperação. Entretanto, essa lista não terá peso nenhum na composição da recuperação. Ela será apenas um auxilio para o estudo do aluno.

10. Procedimentos quanto à postura disciplinar dos alunos

● Chamar o aluno para conversar individualmente, não de forma agressiva, mas dialogada.

● Chamar o pai do aluno para conversar e questionar sobre o comportamento do filho em casa pedindo sugestões ao pai de como trabalhar com ele, uma vez que o professor está com dificuldades.

● Se não resolver, chamar o pai e dizer que deixará o aluno sem parquinho alguns minutinhos. Nunca sem escovar os dentes ou sem lanchar.

● Não é permitido levar os alunos à Coordenação ou Direção, somente em casos extremos. (porque o professor acaba perdendo sua autoridade).

OBSERVAÇÃO:

Estes são os procedimentos mais extremos a serem tomados, pois existem muitas outras estratégias a serem usadas pelo professor para cativar um aluno indisciplinado.

Direção Geral: (___________)

Secretário Geral: (___________)

24 de fevereiro de 2009

Plano de aula - 3º Ano


Escola ...

Aparecida de Goiânia, 26 de fevereiro de 2009

Planejamento Semanal de 26 e 27 – 02 a 06 de março - 3º Ano

Quinta-feira – 26/ 02 /2009

Acolhida

Língua Portuguesa è Texto e interpretação – O Elefante Basílio p. 32 e 34

Matemática èOs números naturais p. 150 – Exercícios p. 152 nº 1 ao 4

Ciências èFixação da unidade – exercícios p. 241 e 242

Vídeo è

Metodologia do dia - Música, expressão oral escrita e leitura

Sexta-feira – 27/ 02 /2009

Acolhida

Língua Portuguesa è Produção de palavras e frases p. 37

História è Identidade p. 314 ( Confeccionar identidade no papel Carmem verde)

Artes è

Ed. Física è Recreação na quadra

Metodologia do dia – Resolução de exercícios – criação da identidade

Objetivo da semana – Leitura de texto para interpretação, exercitar a fluência e a velocidade da leitura; reconhecer o sistema de contagem; perceber que todas as pessoas são responsáveis pela conservação do ambiente.

Recursos da semana – Som

Vídeo e DVD

Cartaz de fixação de conteúdo espalhado pela sala de aula

Pasta de leitura – Cada dia um aluno levará para casa e fará as anotações.

Material Dourado

Avental de histórias

Segunda-feira – 02/ 03 /2009

Acolhida Oração – Músicas


- Rodinha de conversa para que os alunos contem como foi o final de semana

Língua Portuguesa – Antônimo e Sinônimo p. 38

Matemática – Números pares e números ímpares p. 155

Geografia – 2 Direito de ser feliz p. 365

Metodologia do dia – Expressão oral, escrita e leitura

Terça-feira – 03/03/2009

Acolhida Oração – Música Instrumental

Geografia – Fixação de conteúdo – exercícios p. 367 e 368

Matemática – Exercícios de fixação – antecessor e sucessores – números pares e impares

História – História do Brasil (apoio) em folha

Metodologia do dia – Resolução de exercícios para fixação

Quarta -feira – 04/03/2009

Acolhida Oração – Histórias em Cd

História – Exercícios de fixação sobre História do Brasil

Inglêsè Teacher Rosilda

Matemáticaè Comparando números com dois algarismos p. 161

Metodologia do dia – Leitura de textos e produção coletiva

Quinta-feira – 05/03/2009

Acolhida Oração – Leitura de um Poema

Matemática– Exercícios de fixação – Número com dois algarismos

Ciências è Conservação do ambiente p. 244

Metodologia do dia – Resolução de exercícios, participação oral, leitura e escrita.

Sexta-feira – 06/03/2009

Acolhida Oração – músicas

Ciências – Exercícios p. 251 – fixação do caderno

Língua Portuguesa è Tomar leitura – textos diversos

Artes – pintura

Objetivo da Semana – Explorar o significado das palavras e expressões; construir a seqüência numérica pelo acréscimo do sucessor de um elemento; descobrir maneiras de contribuir com a conservação do ambiente.

Recursos da semana – Som

Vídeo e DVD

Cartaz

Notebook com ilustrações referente aos conteúdos (História do Brasil)

Pasta de Leitura

Material Dourado

Ábaco

Avental de histórias

Reflexão Importante




Papai, mamãe:

Apertem a minha mão com segurança, enquanto ela cabe em vossas mãos...

Envolvam-me em vossos braços, enquanto meu corpo frágil ainda pode ser envolvido por eles.

Ouçam-me com atenção, enquanto estou perto de vós e podeis ouvir-me...

Sorriam comigo, enquanto estamos juntos e os sons de nossos risos se confundem...

Consolem-me quando eu chorar, enquanto podeis enxugar as minhas lágrimas...

Acompanhem-me no meu dormir, enquanto sou pequeno e temo a noite...

Ensinem-me e corrijam-me quando necessário, enquanto estou crescendo e aprendendo fácil...

Falem-me de Deus, enquanto estou convosco e posso ouvi-los...

Enfim, papai, mamãe, encontrem-me no meu mundo de criança, enquanto vós podeis achar-me...