Pages

Subscribe:

Ads 468x60px

29 de abril de 2010

ABC DA MAMÃE

ABC DA MAMÃE



AME seu filho para ser amada por ele.

BENDIGA a Deus por tudo que dele recebeu.

CREIA na sublime missão que Deus lhe confiou. DISPONHA-SE a ajudar seus filhos com bons conselhos.

EDUQUE não só com palavras, mas com o bom exemplo.

FAÇA com amor o dever de cada dia.

GARANTA, cada vez mais, um Mundo Melhor para seus filhos.

HOJE leia a Bíblia com atenção e esperança.

INSPIRE seus filhos a praticar as virtudes.

JUSTIFIQUE seu casamento, amando ainda mais seu esposo.

LEMBRE-SE de orar e ensinar os filhos a conversar cpm Deus

MANTENHA-SE firme nos ensinamentos de Cristo.

NÃO se iluda com as coisas mundanas.

ÓDIO e inveja, mantenha-os longe de seu coração.

PENSE que amanhã será melhor, se hoje você viver bem.

QUEIRA o bem, sem escolher a quem.

REFLITA... para acertar.

SORRIA diante dos problemas.

TIRE os maus costumes de seus filhos.

USE as mãos maternas, somente para acariciar e não para bater.

VENÇA as dificuldades pela fé e pelo otimismo.

ZELE, com carinho todas estas recomendações e descubra o êxito e a felicidade das grandes MÃES.


Fonte:http://cantinhoalternativo.blogspot.com

20 de abril de 2010

Peça teatral: Socorro! A mamãe pifou!!!


Hosted by Nara


Peça teatral: Socorro! A mamãe pifou!!!


Socorro ! A Mamãe Pifou


Maria : mãe vc viu a minha camiseta da escola ?

M : Maria Eduarda, está na cabeceira da sua cama

Maria : ah é, a sra sempre coloca lá

Kelly: mãe cadê o secador ? vc pegou né ? (fala para a maria eduarda)

M : Kelly Cristina, não culpe a sua irmã, vc sempre se esquece onde guarda... está na armário do bwc

(as duas sai)

Esposo : bom dia meu bem... o café está pronto ? tenho reunião cedo, cadê a minha pasta ?

M: sente-se pra tomar o seu café, a sua pasta está no sofá amor...

Esposo : Q esposa abençoada...(e senta na mesa)

Sandra : manhêêê, olha o q o Pedro fez nos meus cadernos .....

Pedro : (choramingando)eu não, eu não, não fui eu deve ter sido o Luis, só pq eu sou o caçula eu tenho q levar a culpa

(e vai pra sai da mãe)

Sandra : vai chorar ?

M : Pedro Henrique e Sandra Mara parem com isto...se arrumem rápido pra tomar o café senão vcs vão se atrasar pra escola

(eles vão saindo)

Esposo : Pedro chame a sua irmã q ainda está dormindo

Pedro : mas ela já acordou ...

Esposo : não a Kelly, a Ana

Mãe : mas a Ana Paula estuda de tarde, não precisa acordá-la agora, benzinho toma seu café vai...

Esposo : ah, o q seria de mim sem vc

Pedro: Mãe, eu não mexi nas coisas da Sandra, eu vi a Kelly mexendo...

Kelly : q q vc tá me acusando hein seu chorão ???

M : parem com isto agora... Kelly Cristina senta pra comer e Pedro Henrique vai terminar de se arrumar

(Pedro sai choramingando)

Kelly: foi ele q começou, vc viu né pai ?

Pai (lendo o jornal) : obedeça a sua mãe

Maria : Mãe vc lavou a minha calça jeans preferida ?

Kelly : Qual das 20 calças vc tá falando ?

Maria : A mãe sabe qual, ela sempre sabe

M : Eu lavei sim filha, vou passá-la, enqto isso , vai chamar o seu irmão Luis Carlos.

(ela senta na mesa)

Maria : (gritando) Luis Carlos acorda seu dorminhocoooo!!!

Kelly : isso berre, grite mais alto porque acho q os vizinhos não ouviram...

Maria : (ela berra mais alto mas virada para a irmã) Luis acordaaaa

Luis : o q foi ?

(Maria se assusta)

Maria : ô menino q susto ? (qdo o vê com a cara de sono) aaaiii, vai lavar este rosto

Ele solta um bafão dizendo : eu te amo

Vai até a mãe...

Luis : Fala mãezinha do meu coração...

M : Luis Carlos, vc tem q se arrumar meu filho

Luis : Ah mãezinha deixa eu ficar, vai por favor por favor (chacoalhando mãe)

Nisso entra a Sandra e Pedro se atropelando falando :

-Eu também, eu também, só hoje mãe

(Luis deita no sofá)

M : Não , não e não

Eles : sim sim e sim

M : Astrogildo, fala com eles

Esposo : Ãh, o q foi ?

M : eu estava falando q vc está atrasado não ?

(eles começam a mexer nas roupas do cesto e jogar pra fora)

Esposo : Ah sim, é mesmo... Amor, eu deixei as contas pra pagar lá na cômoda, e não esquece q hoje tem q dar vacina no cachorro, e que o cara do seguro virá pra fazer vistoria no carro e não esquece q vc tem q pegar minha mãe na rodoviária às 17h , tá ? Beijo, tchau crianças (sai pelo centro)

Kelly : Pai, traz uma caixa de bombom pra mim ??

Esposo : A sua mãe vai no mercado e compra

Kelly : Mãe então não esquece de trazer ? Eu já comi e estou indo (Kelly sai)

M : Maria Eduarda a sua calça está passada.

Maria : Ô mãezinha brigadu

M : Luis, levanta daí e vai se arrumar ... (olhando para Sandra e Pedro;) O q vcs estão fazendo porque essa bagunça ? (e vai colocando de volta)

Pedro : Eu tô procurando a minha camiseta do corinthians

Sandra : E eu quero a minha babylook rosa

M : Mas pq vcs não pediram q eu falava onde está, e na escola não pode entrar sem a camiseta da escola

Pedro : Mas por baixo pode

M : tá, tá, está na última gaveta da cômoda do lado do guarda-roupa bem no canto esquerdo em cima das calças

Os dois : Onde ?

M: Pede para suas irmãs q elas sabem

M : Luis Carlos vai se arrumar

Luis : Tô indo , tô indo ( e sai)

Mãe olha para todos os lados e anda na ponta dos pés até a mesa pra tentar comer, e qdo vai de sentar

Entra Kelly e Maria :

Maria : Manhêêê, a Kelly usou a minha blusa e guardou suja e agora não dá pra eu usar

Kelly : claro q não...

Pedro : Manheeee cadê a camiseta ?

Luis : eu resolvi comer antes de me arrumar

Sandra : eu acheei, vc não

Pedro : olha ela, olha ela (choramingando)

Luis : iiih vai chorar

Mãe : quietos, quietos, fala um de cada vez, assim a minha cabeça irá pifar......

(apaga as luzes)

NARRADOR : A vida diária dessa mãe sempre foi assim : mulher, esposa, amiga, companheira, até parece que tem um computador na cabeça, e elas tem mesmo, maaaasss até que um dia....

(acende as luzes)

a mesma cena do início :

(Mãe entra com o balde com a pasta)

Maria: mãe vc viu a minha camiseta da escola ?

Mãe : Maria Victor , está na cabeceira do guarda roupa

Maria : Victor ? Cabeceira do guarda roupa ?

Kelly : Mãe, cadê o secador ? vc pegou né ?

M : Kelly Henrique, não culpe sua irmã, tá ali (e aponta para o aspirador) eu seco pra vc o seu cabelo

Kelly: não mãe...

Esposo : bom dia meu bem.. o café está pronto? Tenho reunião cedo cadê a minha pasta ?

M : sente-se pra tomar o seu café , a sua pasta eu lavei, está ali no balde mas não se preocupe porque seca logo.

Esposo : Você o q ?

M :É amorzinho, seus papéis ficaram mais branco q o branco, era assim q o sabão em pó dizia

Sandra : Manheeee, olha o q o Pedro fez nos meus cadernos...

Pedro : Eu não deve Ter sido o Luis, só pq eu sou o caçula eu tenho q levar a culpa ?

M : Não, Sandra Carlos, fui eu q peguei o seu caderno eu vi q ele era muito grande e pra aliviar o peso eu arranquei as folhas já usadas ?

(Sandra vai e chora para o irmão)

Sandra : Vc arrancou as minhas lições de escola ?

M : Pedro Kelly e Sandra Carlos parem com isto... e se arrumem rápido pra tomar o café senão vcs vão se atrasar pra escola.

Esposo : E Pedro, chame a sua irmã q ainda está dormindo

Pedro : mas ela já acordou ?

Esposo : Não a Maria, a Ana

M : É vai chamar a Ana Carlos já dormiu o bastante, ou seria a Luis Paula, ai q confusão

Esposo : Vc está bem ?

M : Claro, como todos os dias, deixa eu adoçar o seu café (e joga o pote inteiro)

Esposo : benhe, cuidado

M : é só pra adoçar a sua vida, cadê essas crianças...

Kelly José, Maria André, Luis Flavio, Pedro Carolina, João Claudia, Sandra Henrique, Paula Victor se arrumem rápido pra vcs não se atrasarem para a academia

Esposo : quem foi esse pessoal q vc chamou ? Q academia ?

Maria : Mãe vc lavou a minha calça jeans preferida ?

Kelly : Qual das 20 calças vc tá falando ?

Maria : A mãe sabe qual, ela sempre sabe

M : Eu lavei sim filha, vou passá-la, enquanto isso, vai chamar o seu irmão Luis Victor

Maria : Quem ? Luis Carlos ou o João Victor

Esposo : Sua mãe anda meio cansada acho q ela quis dizer o Luis q ainda deve estar dormindo

Maria : Luis Carlooooss acorda seu dorminhoco

Luis : Ãh, o q foi ?

Kelly : A mãe mandou vc acordar ...

Luis : eu só estava colichlando, Fala mãezinha do meu coração

M : Ô minha filha vc tem q se arrumar

Luis : filha ? ...ah mãe deixa eu ficar, vai por favor, por favor (chacoalhando a mãe)

A mãe gosta do chacoalho

Entra Sandra e Pedro falando :

- Eu também, eu também, só hoje mãe...

M : êêê isso (a mãe faz festa com eles), ninguém vai pra escola e vamos ficar assistindo tv, comendo pipoca e podemos também fazer brigadeiros e as meninas lavam a louça...

(todos ficam atônicos)

M : ah e vc (indo para o marido e tirando ele da cadeira e entregando a pasta molhada) vc está atrasado, vamos, vamos

Esposo : é verdade , estou mesmo ...bem, eu tenho uma coisas pra te passar, mas acho q é melhor não te passar, vc tá meio...

M : Imagina chuchuzinho, pode passar, vc sempre passou e alguma fez eu fiz algo errado ?

Esposo : não, claro q não...

M : então me passe

Esposo : Bem... tem uma contas em cima da cômoda, e hoje é dia da vacina do cachorro, e o cara do seguro virá fazer vistoria no carro e vc tem q pegar minha mãe na rodoviária às 17h, certo ?

M : Certíssimo, sua mãe está em cima da cômoda, vacinar o carro e o cara do seguro irá vistoriar o cachorro, viu ? Ou seria, vacinar a sua mãe, o cachorro está na cômoda ...

Kelly : vai pai, q eu entendi e compra uma caixa de bombom pra mim...

Esposo : tá filha eu compro , pq sua mãe é capaz de comprar uma caixa de sabão pra vc, tchau...

M : Maria Henrique, sua calça está passada ...

Maria : mãe minha calça queimou ....

Kelly dá risadas e as duas sai

M : luis pedro levanta daí e vai se arrumar

Mãe olhando pra bagunça das roupas

M : Ô q lindo estão arrumando pra mamãe né ?

Pedro: não mãe, eu quero a minha camiseta do corinthians

Sandra : e eu a minha baby look rosa

M: ah está, em cima das calças do lado esquerdo para quem olha de frente,ao lado do 2º guarda roupa em cima de uma cômoda, bem lá em cima na última gaveta.

Os dois : Onde ?

M : eu fui tão clara como vcs não entenderam, lá na última cômoda, do lado direito do guarda roupa, em cima da segunda gaveta.

Pedro : Vc entendeu ?

Sandra : eu não e vc ?

( os dois sai)

M : Luis Pedro vai dormir na cama !!!

Luis : obaaa Tô indo, tô indo.

Todos a espiam na porta

M: Ufa ! Acho q consigo tomar um cafezinho, ou quem sabe um chá...

Todos vão até na frente :

Kelly : a mãe tá estranha

Maria : é verdade, não parece a nossa mãe

Luis: (Abra a boca de sono) eu não tô gostando, parece uma estranha

Sandra : Ela sempre sabe onde está tudo de todo mundo

Pedro : (choramingando) eu quero a minha mãe....

Kelly : Eu também

M: Kelly Cristina, Maria Eduarda, Luis Carlos, Sandra Mara e Pedro Henrique...

Uma mãe jamais esquece o nome dos seus filhos...

Autora: Daniela Leon Vieira



Fonte:http://espacoeducar-liza.blogspot.com


Hosted by Nara

15 de abril de 2010

Salmo da Mãe

Salmo da Mãe

Bem-aventurada a mãe que confia no Senhor, que se compraz na observância da Lei Divina.
Retos serão seus filhos; ela se alegrará com a sua posteridade.
Há amor e generosidade no seu coração; seu exemplo permanecerá para sempre.
Nas trevas surgiu uma luz; a mãe nela se ilumina e por isso
é misericordiosa, é compassiva, é boa.
Bem-aventurada a mãe que compreende os seus e os ouve; ela ensinará, ela
conduzirá seus conselhos com prudência, porque se inspira em Deus.
A lembrança da cruz lhe está sempre presente; apoiada nela
não temerá ouvir notícias funestas.
A sua alma está sempre disposta a confiar no Senhor.
Fortalecido pela comunhão diária, seu coração nunca será abalado.
Distribui, dá aos pobres; atende a tudo e a todos.
Seu sorriso permanente vence todos os dissabores. A sua alegria será exaltada na glória.
Bem-aventurada a mãe em cujo seio palpita o próprio Deus.
Seus dias são um Natal perene. O Cristo ressurge em cada ato seu.
Mãe. Que Deus abençoe a cada dia de sua vida!

Fonte:http://cantinhoalternativo.blogspot.com

11 de abril de 2010

Teatro Uma Criança, uma Família, uma História

Hosted by Nara

Teatro

Uma Criança, uma Família, uma História

Introdução

– Era Uma vez um filho (Entra uma Criança)

– Uma família (Duas crianças representando o Pai e a Mãe)

– Uma Escola (Representantes da Direção e Coordenação)

Entram os personagens e se apresentam

A Mãe (Entra Arrumando o filho pra ir para a escola)

– Anda João! Está atrasado, o ônibus já vai passar. Se você perder o ônibus você apanha!

O aluno sai e volta como se tivesse ido à escola

O Pai pergunta:

– João, o que você fez na escola hoje?

– Teve muito dever?

João Responde:

– A Pai, a aula foi chata, a professora deu um monte de dever, to com meu dedo doendo.

Mãe:

– Ah, muito bem, assim que eu gosto de ver! Deixa de ser preguiçoso!

João diz:

– Mas mãe, o meu colega me deu um chute, falou mal da senhora e a professora não fez nada!

Mãe reclama:

– Assim não está certo! É assim que se ensina na escola? Criança sem educação, professor que não faz nada?

– Eu vou lá! Vou reclamar com a diretora, isto não está certo!

Volta o Narrador :

– É meus amigos, a vida na escola continua, o João continuava indo e vindo da escola para casa e da casa para escola.

– O João aprendia a ler e a escrever, mas não aprendia a respeitar para ser respeitado.

– Por sua vez, a escola fazia sua parte, mas o João era muito rebelde, brigão e dava muito trabalho.

– A professora o levava para a direção, a diretora conversava com ele, para saber como era sua vida na família, para justificar a rebeldia de João.

Entra a professora levando o João para a diretoria.

João sempre dizia:

– Minha mãe e meu pai vivem brigando, não ligam pra mim.

– Dizem que eu só atrapalho a vida deles, que deviam me internar pra eu aprender.

Volta o Narrador :

– A diretora preocupada, conversa com João, faz um bilhete chamando o responsável e entrega ao João.

– João chega em casa e entrega o bilhete à mãe.

A Mãe diz:

– Ora, essa diretora pensa que eu tenho o que fazer, vivo batendo pernas por ai, eu não vou lá não, elas que se virem já que não sabem educar!

Volta o Narrador:

– Professores e a diretora esperam em vão a mãe de João que não vem, e falam:

A Professora:

– Viu! Como podemos corrigir Joãozinho se a família não ajuda?

– Trata mal o filho, não vem conversar com a gente, os pais também tem que ter responsabilidade!

Volta o Narrador:

– Assim a família e a escola se distanciavam uma da outra.

– O João, coitado, ficava dividido e se perguntava:

João se Perguntava:

– Quem tinha razão?

– A Família?

– A escola?

– Afinal, não sou eu o princípio e o fim da família e da escola?

– Isto não está certo, elas tem que se entenderem, parar de jogar a culpa uma em cima da outra.

– E eu, o que faço enquanto isso?

Volta o Narrador :

– João, o único machucado e deformado na guerra família vs escola, sugere:

João pergunta:

– Por que vocês não se unem, não trabalham juntas, não somam esforços, não compartilham realizações, por que não me curam em vez de me machucarem, por que não me formam ao invés vez de me deformarem?

Volta o Narrador :

– A Família e a escola ouviram a voz de João e diante de tantos porquês, se humilharam, reconheceram seus erros e passaram a trabalharem juntas, curaram em vez de machucar e formaram e vez de deformar.

Todos Juntos voltam e falam:

Era uma vez um Filho, uma Família e uma Escola.


Fonte:http://espacoeducar-liza.blogspot.com






Hosted by Nara